Inicio Contato
 
Clima Tempo
 
Publicidade:
Do Drinks
Pio Paladar
Nikmar Motos Candeal
Vereadora Lúcia
 
21/05/2019 às 20:05
 

Aneel reajusta valor das bandeiras tarifárias da energia; maior alta é de 50% na bandeira amarela

[Aneel reajusta valor das bandeiras tarifárias da energia; maior alta é de 50% na bandeira amarela]
A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) aprovou nesta terça-feira (21) um reajuste nos valores da bandeira tarifária amarela e da bandeira vermelha, nos patamares 1 e 2. As bandeiras tarifárias são cobradas na conta de energia e sinalizam o aumento do custo da energia gerada. 
 
O maior reajuste ocorreu na bandeira amarela, que passou de R$ 1 a R$ 1,50 para cada 100 quilowatts-hora (kWh) – uma alta de 50%. O patamar da bandeira vermelha 1 passou de R$ 3 para R$ 4 a cada 100 kWh, alta de 33,3%, e o patamar 2 da bandeira vermelha passou de R$ 5 para R$ 6 por 100 kWh consumidos, alta de 20%.
 
Novos valores (por 100 kWh):
Bandeira amarela: R$ 1,50
Bandeira vermelha 1: R$ 4,00
Bandeira vermelha 2: R$ 6,00
 
O reajuste servirá para adequar o valor do custo extra a ser cobrado dos consumidores em períodos em que a produção de energia ficar mais cara. O objetivo é que a arrecadação com as bandeiras fique o mais próximo possível do valor extra gasto com a geração de energia.
 
Segundo o diretor-geral da Aneel, André Pepitone, o reajuste evitará que a conta da bandeira tarifária fique deficitária em 2019. Em 2017, a conta da bandeira fechou com um déficit de R$ 4,4 bilhões e em 2018 o déficit foi de cerca de R$ 500 milhões. Esses déficits foram incluídos nos reajustes tarifários.
 
“A revisão é necessária para que não haja um déficit ainda maior em 2019, que terá que ser pago nas tarifas de energia em 2020”, afirmou ao G1. Segundo ele, os novos valores são mais adequados ao real custo de geração deste ano.
Bocão News
 
 
 
Mais Informações
Petrobras reduz preço da gasolina nas refinarias pelo 4º dia seguido 25/05/2018 às 15:05
Petrobras reduz preço da gasolina nas refinarias pelo 4º dia seguido
Caminhoneiros criticam sindicatos e dizem que continuarão parados 25/05/2018 às 06:05
Caminhoneiros criticam sindicatos e dizem que continuarão parados
Governo e caminhoneiros anunciam acordo para suspender greve por 15 dias 25/05/2018 às 06:05
Governo e caminhoneiros anunciam acordo para suspender greve por 15 dias

Dayana Silk
 
Ciso
 
Super Pio
 
Humanize
 
 
 
 
 
Rede Social
Facebook
Twitter
Adicione aos Favoritos
Contato
© Alnoticiasichu 2016 - Todos os direitos reservados