Inicio Contato
 
Clima Tempo
 
Publicidade:
Comvet
Dr. Leonan Castro
IEC
Do Drinks
 
10/11/2017 às 05:11
 

Chefe da assessoria do governador repudia decisão judicial que proíbe trabalhadores de se manifestarem nesta sexta-feira (10).

 

É com muita indignação que recebo a notícia da publicação de um habeas corpus preventivo que visa coibir a manifestação dos trabalhadores do polo petroquímico de Camaçari através do Sindicato de Trabalhadores do Ramo Químico (Sindiquímica), na mobilização nacional programada para esta sexta-feira (10) contra a reforma trabalhista, reforma da previdência e o trabalho escravo, promovidas pelo presidente ilegítimo Michel Temer. A Reforma Trabalhista entra em vigor no próximo dia (11), e conduzirá a perda de direitos históricos e o aumento da desigualdade, ao exemplo da possibilidade da redução de salário e o aumento da jornada de trabalho, além de uma série de outras alterações estruturais que só prejudicam os trabalhadores e trabalhadoras.

 

O habeas corpus foi ação das empresas petroquímicas do Polo de Camaçari concedida pela Justiça da Bahia e permite, ainda, que seja utilizada força policial, além da prisão dos dirigentes do Sindiquímica, que foram citados nominalmente na liminar e proibidos de circularem pelas vias de acesso a Camaçari, uma atitude totalmente antidemocrática, e, sobretudo, intimidadora.

 

Greves e paralisações são direitos assegurados constitucionalmente como meio de viabilizar melhores salários e condições de trabalho, em nota o Sindiquímica e a Central Única dos Trabalhadores, também se manifestaram contra a decisão judicial e chama de absurda a decisão.  

 

“A liminar favorável às empresas concedida pela Justiça afronta a liberdade e organização sindical e merece o repúdio dos trabalhadores e a sociedade, em geral. O Sindiquímica não se intimidará com a ação patronal, ao contrário vai atuar com mais intensidade em defesa dos direitos que pretendem ser usurpados pela elite golpista e os empresários”, ressalta Alfredo Jr. um dos dirigentes do Sindiquímica e da CUT Bahia.

 

 

 

Kaio Macedo
ASCOM - (71) 99934-1237
 
 
 
Mais Informações
Alunos fazem rifa e ajudam professor com salário atrasado. Assista! 19/05/2018 às 11:05
Alunos fazem rifa e ajudam professor com salário atrasado. Assista!
Feirenses se mobilizam para o combate ao abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes 19/05/2018 às 05:05
Feirenses se mobilizam para o combate ao abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes
Colégio Adventista é condenado a indenizar aluna em R$ 12 mil por prática de bulliyng 26/05/2018 às 06:05
Colégio Adventista é condenado a indenizar aluna em R$ 12 mil por prática de bulliyng

Sintrafi Ichu
 
PitStop
 
Dayana Silk
 
Mus e Brasil
 
 
 
 
 
Rede Social
Facebook
Twitter
Adicione aos Favoritos
Contato
© Alnoticiasichu 2016 - Todos os direitos reservados