Inicio Contato
 
Clima Tempo
 
Publicidade:
Comvet
Dr. Leonan Castro
Ascoob
Gonzaga Materiais de Construçãoo
 
10/01/2018 às 06:01
 

Em pleno século XXI, comunidade rural em Pé de Serra vive sem sanitários e sem comunicação

Foto: Teones Araújo

Em pleno século XXI, a comunidade de Caldeirão Velho, em Pé de Serra, município localizado no território do Jacuípe, há 106 km da segunda maior cidade do interior da Bahia, Feira de Santana e 206 km de Salvador, convivendo com situação de extrema pobreza, ao ponto de nenhuma residência ter sanitário. O povoado também conhecido como ‘Piris’, moram 63 pessoas distribuídas em 07 casas e nenhuma delas tem sanitário, banheiro e apenas duas têm televisão e só uma pessoa tem celular, que sofre procurando um local que tenha sinal para se comunicar.

 

Foto: Teones Araújo

A matriarca da comunidade é a aposentada Ana de Jesus Silva, 60 anos, mãe de 07 filhos e mais de sessenta netos, ela disse ao CN que essa população sobrevive do Bolsa Família e da aposentadoria dela e do esposo. As moradias estão em péssimas qualidades, às telhas são antigas e quebradas, quando chove os moradores usam plásticos para evitar alagamento por causa da quantidade de goteiras. “Nossas casas só estão cobertas para proteger do sol, quando chove, é como estivesse la fora”, lamentou.

Com a fé, típica dos sertanejos, Dona Ana do Piris, como é conhecida, falou ao CN que “entrega tudo a Deus”, pois, “aqui na terra é muito sofrimento, mas estamos vivendo”, desabafou. Ela narrou suas condições de vida e disse que tudo lá é dividido 

Foto: Teones Araújo

O sistema de abastecimento d’água está há 800 metros da comunidade e diante da seca prolongada, a água chega através de carros-pipa. O tanque de armazenar está seco e os caminhões colocam a água na única cisterna do povoado. As crianças estudam no Povoado de Caldeirão da Prima em uma escola multi-seriada.

Na visita que o CN fez a comunidade, encontrou com o agente de saúde Adailton Oliveira Rios, que atende as famílias  e em um determinado momento da conversa, referindo-se a Dona Ana, ele disse que ela era “bem mais forte” e ao ouvir essa expressão, ela respondeu que vem emagrecendo de preocupação. “Essa doença chamada de preocupação, também mata. Eu me preocupo com todo esse povo”, falou a matriarca.

Casa de Dona Ana vira cinema da garotada | Foto: Teones Araújo

A casa de Dona Ana é uma das duas residencias que possui televisão, e ela precisa compartilhar, principalmente com as crianças..

Jacira Silva Souza de Jesus, 37 anos, já teve 12 filhos, sendo que dois morreram. O mais velho tem 19 anos e o mais novo, 02. O CN questionou se ela ainda quer ter mais filhos e sua resposta foi a seguinte: “Depende da vontade de Deus”.

Redação CN

 
 
 
Mais Informações
Feira: Devido a desabastecimento, prefeitura reduz 30% de ônibus públicos 25/05/2018 às 12:05
Feira: Devido a desabastecimento, prefeitura reduz 30% de ônibus públicos
SINTRAF reúne 170 jovens em Seminário da Juventude Rural neste final de semana 18/07/2016 às 15:07
SINTRAF reúne 170 jovens em Seminário da Juventude Rural neste final de semana
Por ter mesmo nome de cidade da Paraíba, Queimadas, na Bahia, tem contas bancárias zeradas por engano pela Justiça Federal 22/05/2018 às 22:05
Por ter mesmo nome de cidade da Paraíba, Queimadas, na Bahia, tem contas bancárias zeradas por engano pela Justiça Federal

Wagner Autocar
 
Dayana Silk
 
Ponto Certo
 
Restaurante da Monica
 
 
 
 
 
Rede Social
Facebook
Twitter
Adicione aos Favoritos
Contato
© Alnoticiasichu 2016 - Todos os direitos reservados